Coca-Cola Brasil e ANCAT firmam acordo para estimular economia circular

Nova parceria prevê ações para melhorar o trabalho e a renda dos catadores na cadeia da reciclagem e para a rastreabilidade de embalagens pós consumo.

Parceria
Publicado em:
21/3/2022
Baixe o documento aqui

A Coca Cola Brasil e a ANCAT – Associação Nacional dos Catadores e Catadoras de Materiais Recicláveis - assinam, nesta quarta-feira (23), em Brasília-DF, termo de cooperação com o​ ​objetivo de desenvolver ações para o avanço da economia circular no país. Entre as metas do​ ​acordo estão o aumento do volume de embalagens recicladas pelas cooperativas e associações, proporcionando melhor renda e qualidade de vida aos catadores de materiais recicláveis, e a redução​ ​gradativa de embalagens com baixo índice de reciclagem, até a sua substituição por completo.

O desenvolvimento de modelo para rastreabilidade das embalagens, articulado com o governo federal é uma das ações previstas. Parcerias com estados e municípios para ampliar a​ ​participação das cooperativas e associações de catadores na coleta seletiva estão no escopo do​ ​acordo. Iniciativas para a maior aquisição de plástico PET por parte destas organizações e​ ​campanhas de educação ambiental também serão planejadas.

O acordo entre Coca Cola Brasil e ANCAT é um novo passo de uma parceria de longa data. Com base nas experiências acumuladas durante a primeira década de vigência da Política Nacional de Resíduos Sólidos (PNRS), empresa e associação entendem a necessidade de fortalecer os pilares da economia circular, mais inclusiva e alinhada aos entendimentos e expectativas da sociedade, cada vez mais atenta e exigente por ações de impacto positivo para o planeta.

“O descarte correto de embalagens é uma prioridade da Coca-Cola e faz parte de toda uma​ ​estratégia para um Mundo sem Resíduos lançada pela empresa em 2018. A ANCAT é importante​ ​e antiga parceira para que nós possamos caminhar em direção a uma economia cada vez mais circular”, avalia Victor Bicca, diretor de Relações Governamentais da Coca-Cola Brasil.

O estabelecimento de novos negócios no setor da reciclagem, assegurando a presença dos​ ​catadores de forma concreta e digna. Este é o entendimento de Roberto Rocha sobre os​ ​resultados deste novo compromisso.

"Temos um potencial imenso para o crescimento do setor da reciclagem no Brasil. Um acordo como este contribui muito para essa trajetória e coloca o catador e cooperativas na posição correta dentro deste circuito", explica Rocha, catador e presidente da ANCAT. "isso vai refletir tanto para o trabalho, como nos resultados, que são a maior quantidade de material coletado e recuperado e a melhor remuneração por estes serviços", afirma, lembrando que o termo de cooperação também prevê a inclusão dos catadores avulsos em projetos para coleta de embalagens pós consumo.

O evento será realizado na sede da Coca-Cola em Brasília e contará com a presença de​ ​representantes da empresa e da ANCAT, além de convidados do setor púbico e da iniciativa​ ​privada que atuam na indústria da reciclagem. A assinatura do acordo será feita pelo Victor Bicca, diretor de relações governamentais da Coca-Cola Brasil e Roberto Rocha, presidente da ANCAT.