ANCAT firma acordo com Guarulhos para apoio às organizações de catadores

Os benefícios da parceria vão desde capacitação técnica dos cooperados à formalização das cooperativas parceiras.

Parceria
Publicado em:
21/9/2021
Baixe o documento aqui

Na manhã deste sábado (18), a Associação Nacional dos Catadores de Materiais Recicláveis (ANCAT) e a Prefeitura de Guarulhos formalizaram o acordo de cooperação técnica, que busca aperfeiçoar o programa de coleta seletiva e reciclagem no município.

O compromisso foi assinado na Secretaria de Serviços Públicos (SSP) pelo catador e presidente da ANCAT, Roberto Laureano da Rocha, e pelo secretário municipal de Serviços Públicos, Rodnei Otavio Minelli. O ato contou ainda com a presença do diretor do Departamento de Limpeza Urbana, Alexandre Lobo de Almeida, e demais técnicos da secretaria.

Representantes das cinco organizações de catadores contempladas com o projeto também participaram do evento, além dos técnicos da ANCAT Ary Moraes (Coordenador de Projetos), Leiliane Santana e Carlos Henrique (Mobilizadores). As cooperativas parceiras são Coop Reciclável, Luta e Vida, Guarulhos Recicla, Nova Vida e Respira Brasil.

Além da inclusão e melhor gestão das organizações de catadores dentro do gerenciamento municipal de resíduos sólidos, a parceria proporcionará a implantação do Sistema Estadual de Gerenciamento Online de Resíduos Sólidos (SIGOR) e o aumento na participação da coleta seletiva de Guarulhos, por parte das cooperativas e associações de catadores parceiras da ANCAT e acompanhadas pela plataforma Reciclar pelo Brasil, programa de logística reversa inclusiva, presente em todo o país.

Também estão previstas ações de formalização, capacitação profissional e formação técnica destas organizações - atividades que serão realizadas pela ANCAT, que em sua atuação como gerente do Reciclar pelo Brasil, possui uma equipe técnica especializada. 

Já a prefeitura implementará ações de comunicação voltadas à educação ambiental da população e à garantia do aumento de materiais recicláveis para o trabalho das cooperativas e associações.

Em sua fala, Roberto Rocha salientou que o acordo é importante para todos. “Para as organizações porque vão desenvolver seus trabalhos ainda mais e terão aumento da produção e faturamento; para a ANCAT porque mostra que o trabalho de apoio técnico aos catadores junto ao Reciclar pelo Brasil está sendo consolidado. Também é importante para o município, que é um dos maiores do país e vai ampliar seu programa de gestão de resíduos com a inclusão dos catadores", afirmou.

Na visão do secretário Minelli, a meta da secretaria é proporcionar aos catadores o melhor em todos os sentidos, uma vez que são prioridade no município.

“São etapas, que nós estamos superando, por conta da importância que vocês sempre tiveram na cidade e, independente de qualquer questão político-partidária, acho que a política social está acima de tudo”, frisou.


MOMENTO HISTÓRIO NO MUNICÍPIO


Para Larissa Ferreira (Chefe de Divisão da Coleta Seletiva) as cooperativas de catadores do município são as grandes apoiadoras do programa de coleta seletiva solidária. 

“É um momento histórico: Guarulhos conseguiu realmente implantar a coleta seletiva no município, de forma efetiva, com caminhões adequados, e os centros de triagem operados pelas cooperativas são de suma importância”, afirmou.

De entendimento semelhante, Alexandre Garrido (Chefe da Divisão Técnica de Mobilização Social) ressaltou que a implantação efetiva da coleta seletiva é realmente um marco histórico para Guarulhos, os catadores e as cooperativas, num grande passo de fortalecimento e reconhecimento. 

“A secretaria, o Governo, reconhece todo o trabalho, todos os esforços dos catadores e também acredita cada vez mais na profissionalização da categoria que, futuramente, eu tenho certeza que vai ser, inclusive, remunerada pela prestação de serviços”, destacou.


DIA MUNDIAL DA LIMPEZA

Por sua vez, Celi Pereira (chefe de Educação Ambiental da SSP) parabenizou a colega Larissa e “todas as mulheres que aqui estão, que fazem parte das cooperativas, normalmente são mulheres guerreiras, trabalhadoras, e o nosso trabalho é voltado todo para vocês, dentro da educação ambiental”.

Ela citou o Dia Mundial da Limpeza, que conta com 36 ações na cidade, que seguem até o dia 30. “Todos os recicláveis que forem coletados durante o Dia Mundial da Limpeza serão destinados às cooperativas da nossa cidade”, afirmou. 

A educadora ainda citou a importância do trabalho dos artesãos e dos agricultores urbanos da cidade.

Na mesa do café de recepção havia alguns produtos da feira orgânica, produzidos na cidade, como o pão de cenoura com chia, a banana (da região da Água Azul) e o mel, certificado de um produtor com selo de alimento orgânico, com todos os critérios colocados. 

“É a fusão de diversas políticas públicas que fortalece o trabalho da nossa secretaria e torna nossa cidade cada vez mais sustentável. É a nossa missão de vida, colaborar nesse rumo ao Lixo Zero, uma cidade Lixo Zero, e vocês são fundamentais, são a base, a estrutura”, concluiu Celi, que atua como coordenadora do Programa Lixo Zero Guarulhos).