ANCAT e Abrasel firmam termo de cooperação por economia circular e inclusão dos catadores

Acordo com Associação de Bares e Restaurantes também prevê projeto piloto para mapear coleta de resíduos em estabelecimentos do estado de SP.

Parceria
Publicado em:
22/4/2022
Baixe o documento aqui

Em seu trabalho de fortalecimento social e econômico dos catadores de materiais recicláveis, a Associação Nacional dos Catadores e Catadoras de Materiais Recicláveis (ANCAT) assinou termo de cooperação com a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel) nesta terça-feira (19/4), em evento realizado na sede da ANCAT, em São Paulo.

 

O principal tema do acordo é a organização de projetos para avanço da economia circular, com a integração dos catadores(as) como protagonistas na cadeia da reciclagem. Para atingir estes objetivos, o termo de cooperação entre as duas associações prevê o fortalecimento de instrumentos para a logística reversa, gestão de resíduos sólidos e orgânicos, compensação ambiental, além de desenvolvimento de inovações ambientais e novos formatos de negócios.

 

O documento foi firmado pelo catador e presidente da ANCAT, Roberto Rocha, e pelo presidente executivo da Abrasel, Paulo Solmucci e prevê a criação de um projeto piloto em São Paulo para ser replicado por todo o país, com o objetivo de mapear e facilitar a logística de coleta de resíduos pelos catadores nos bares e restaurantes do estado.

 

“Esse acordo é muito importante para nós catadores, principalmente para os autônomos, que estão envolvidos diretamente com o setor de bares e restaurantes no processo da coleta. Essa parceria inédita proporcionará mais prestação de serviço para os catadores e catadoras de materiais recicláveis e, consequentemente, mais qualidade de trabalho e vida, que é nosso maior objetivo”, afirma RobertoRocha, presidente da ANCAT.

 

Solmucci, presidente-executivo da Abrasel, destacou a importância da economia circular para o futuro do país. “É um acordo pioneiro, que reúne atores envolvidos no ciclo de vários materiais e de processos que podem ser melhorados. Nosso objetivo é fazer com que o país tenha protagonismo no tema, caminhando para uma sociedade mais inclusiva e sustentável."